Os lábios da mulher estranha

Palavra do Dia – Ministério de Homens | ICP Itaquera

Provérbios 5.3 – Porque os lábios da mulher estranha destilam favos de mel, e o seu paladar é mais suave do que o azeite. 4 – Mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois gumes.

O Antigo Testamento está repleto de exemplos de homens que se casaram com mais de uma mulher ao mesmo tempo. Porém, está na Bíblia não significa ser aprovado pela Bíblia. Tantos quantos são os exemplos de poligamia (casamento com mais de uma esposa) são também as consequências dessa desobediência a Deus.

O SENHOR uniu homem e mulher – DOIS SÃO UM SÓ, não são vários. Jesus deu um basta nisso ao dizer que não deve haver divórcio e os apóstolos confirmaram ao ensinar na igreja primitiva que o homem deve amar a sua esposa (no singular) como Cristo amou a Igreja porque no princípio era assim.

A situação se agrava quando se trata de adultério. Pois o homem não somente peca contra Deus e o seu próprio corpo, mas também se expõe ao risco da violência e morte, dele e de todos os envolvidos. Provérbios 5.5: “Os seus pés descem para a morte; os seus passos estão impregnados do inferno”. Por isso, irmãos, não se deixe seduzir pela mulher estranha.

Na comunhão do Espírito Santo,

Pr Josué Lima

Uma igreja Ministério Pentecostal Fé em Ação

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: